De 24 a 27 de maio de 2017 ocorrerá o VII Seminário Internacional de Dramaturgia Amazônida, que será realizado no Teatro Universitário Claudio Barradas. Com o objetivo de dar continuidade aos encontros entre dramaturgos, alunos, pesquisadores, professores e demais interessados em artes cênicas, a programação conta com palestras com artistas e estudiosos do teatro amazônida, em diálogo com outros estados e Portugal, conta com nomes importantes da dramaturgia brasileira, a começar pelo homenageado, Francisco A. Carlos de Almeida, artista/pesquisador de teatro (Projeto Rede Indígena), que fará a palestra de abertura "Paisagens indígenas: Cena e Dramaturgia Experimental em Francisco Carlos"; Maria João Brilhante, pesquisadora de teatro, da Universidade de Lisboa, falará sobre "Escrever para a cena, confrontar o real: a dramaturgia portuguesa em questão"; o paraense Rudinei Borges, artista/pesquisador de teatro, com a palestra "Dezuó, breviário das águas: memória e história de vida ou o redemoinho poético na fricção da imagem"; a professora de dramaturgia, Paula Autran (ECA/USP), falará sobre "A Importância histórica do seminário de dramaturgia do Teatro Arena (1058-1961)"; Berta Teixeira, atriz/pesquisadora de dramaturgia, da Universidade de Coimbra-PT, fará a palestra "Das dramaturgias interferentes às dramaturgias transferentes; nossa mulher de teatro"; a atriz/pesquisadora, Wlad Lima (UFPA) fará a palestra "Quando a vida me dramatiza no palco: uma travessia de perdas".

Na programação cultural o evento contará com espetáculos de estudantes, professores da Escola de Teatro e Dança (ETDUFPA): "Rala, palhaço!", direção Wlad Lima; "A menina que dá com a cara na parede", direção Otávio Freire; "Este corpo que me veste", direção Wlad Lima; e "Pássaro melodrama fantasia: Pipira Paraíso", direção Olinda Charone.

A programação também inclui a exibição dos documentários: "Ópera cabocla", direção Adriano Barroso; "Criativas", direção Alexandre Baena; e os filmes "Auto do Coração", direção Alexandre Baena e Wlad Lima; e "Auro do Coração", direção Alexandre Baena e Wlad Lima.

O Seminário, em sua sétima edição, agora internacional, é uma das ações desenvolvidas pelo projeto de pesquisa “Memórias da dramaturgia amazônida: construção de acervo dramatúrgico”. A finalidade principal do Seminário é colocar em pauta parte da diversa dramaturgia amazônida e ampliar o diálogo entre os amantes da dramaturgia brasileira e, neste, em diálogo com duas representantes dos estudos de teatro de Portugal, de maneira que a abrangência do evento foi expandida.

 

 

Serviço:

VII Seminário de Dramaturgia Amazônida
Data: 24 a 27 de maio de 2017
Local: Teatro Universitário Claudio Barradas (Rua Jerônimo Pimentel, 546 – esquina com D. Romualdo de Seixas)